Prazo de validade dos documentos

Texto escrito por: Wallace Bottacin

Publicado em: 06/09/2016 17:21

Última revisão em: 23/11/2016 12:47

 

Sem dúvidas, esta é uma das perguntas mais frequentes, pois interfere diretamente com o planejamento da viagem para a Itália. Depois da adesão do Brasil à Convenção da Apostila de Haia, não existe mais a necessidade de legalização consular da documentação antes de embarcar para a Itália. A apostila substitui toda a burocracia, e pode ser facilmente feita nos cartórios brasileiros. Entretanto, o prazo de validade das certidões não muda muito: é importante saber que quem vai analisar e decidir sobre o seu processo é o comune italiano onde você vai ser reconhecido cidadão. Para o comune, não existe nenhuma lei ou circular que diga qual o limite de validade das certidões já legalizadas pelo consulado. Sendo assim, é algo bem subjetivo e cada comune cria suas próprias regras. Para evitar problemas, não deixe passar de 1 ano após a data do apostilamento impressa na etiqueta colada nas certidões. Dessa forma, você não terá problemas na maioria dos comuni; Ah, mas você já tem documentos legalizados ou apostilados há mais de 1 ano?! Não se preocupe, vários comuni ainda podem aceitar seus documentos! Porém, para isso, você entrar em contato previamente com eles solicitando se aceitarão essas certidões ou não. Se a resposta for positiva, é só embarcar! Porém, sempre vale o alerta: entrar em contato com o comune que irá realizar seu reconhecimento é sempre a melhor opção para evitar eventuais problemas.

Você está em